segunda-feira, 23 de julho de 2012

Kabbalah

Mais algumas informações sobre o tema.
Por Carolina Beu

Tão enigmática quando fascinante, a Kabbalah consiste em um complexo sistema de análise de informações ocultas nas escrituras sagradas e, segundo seus estudiosos, o conhecimento por ela revelado é capaz de esclarecer os mistérios que permeiam a humanidade, tais como a origem da vida, a criação, o caminho e a verdade. Considerada a vertente mística do judaísmo, ela oferece uma nova compreensão do Universo e algumas ferramentas para entendermos porque certas coisas nos acontecem e como podemos lidar com elas.
“Kabbalah é a sabedoria de como receber total plenitude na vida. Durante os últimos 5 mil anos, somente um grupo pequeno e seleto de pessoas compreenderam as leis espirituais do universo e seu efeito sobre o mundo físico”, afirma Yonatan Shani, diretor do Kaballah Centre do Brasil.
Shani ressalta que por meio desta sabedoria é possível obter uma visão mais ampla dos princípios que influenciam nossas vidas e nos dão controle sobre as leis físicas da natureza. “Ela ensina que todos os ramos da vida – saúde, relacionamentos, negócios – emanam do mesmo tronco e da mesma raiz. É a tecnologia de como o Universo funciona em seu nível essencial”, esclarece. Esse caminho espiritual, por assim dizer, vem despertando cada vez mais o interesse das pessoas, inclusive personalidades como Madonna ou Demi Moore, que já se declararam estudiosas desses ensinamentos.
“A Kabbalah não é uma religião. Ela é uma tecnologia da alma e nos ajuda a entender qual a nossa função aqui, que é ajudar ao próximo e disseminar o amor.”, afirma a publicitária Ana Serra, estudiosa de Kabbalah há dois anos e meio. Ana conta que antes de ter contato com os ensinamentos kabbalísticos, costumava ser ansiosa e ‘querer tudo para ontem’. “Hoje, consigo parar, pensar e ter paciência, compreendendo que não existem atalhos para quem busca uma vida mais feliz e significativa”, relata.
Na verdade, a publicitária está apenas colocando em prática alguns princípios defendidos pela Kabbalah, tais como o pensamento, a assimilação da verdade e a idéia de sermos responsáveis sobre tudo que a vida nos oferece. “Responsabilidade significa a habilidade de responder, de transformar a própria vida e realidade. Outro princípio é ver a vida como um jogo. Devemos conhecer o oponente que existe dentro de nós e sempre prestar atenção nas dicas que o universo nos dá”, afirma Shani, ao esclarecer os princípios que um estudioso de Kabbalah deve respeitar.

Alguns conceitos relacionados à Kabbalah:
Princípio: “Ame teu próximo como a você mesmo”
Lugar mais sagrado: a Terra Santa em Israel.
O Zohar: livro que “quebra” o código da Bíblia.
Os Kabbalistas usam a “Torah” judaica, a bíblia como referência e praticam os conceitos descritos no velho testamento.

Fonte: Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário